A indústria da Convergência e a internet das coisas
João Pessoa,
14 e 15 de Dezembro

CCBC estimula relação de comércio entre Brasil e Canadá durante a Conferência na Paraíba

Com o foco de auxiliar empresas brasileiras e canadenses a fazer negócios mútuos, a Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC) se faz presente na Conferência Internacional Brasil-Canadá 3.0, que acontece no Centro de Convenções Ronaldo Cunha Lima, em João Pessoa-PB.

Segundo o analista comercial da CCBC, Armínio Calonga Jr., os setores mais usuais são os de mineração, tecnologia da informação, comunicação e software, porque são setores com os quais os dois países têm relação forte.“Fazemos o netmaking entre elas, permite que elas unam demanda e oferta”, explicou.

Como na Conferência há startups dos dois países mostrando seus produtos e serviços, a CCBC tem oferecido para elas o auxílio para que possam entrar no mercado. Uma das startups canadenses, a Linquet, que faz monitoramento de coisas que costumam ser perdidas pelos proprietários, mostrou bastante interesse em por os pés na Paraíba e em todo o território brasileiro.

“Nós conhecemos o mercado brasileiro – coisas que elas não conhecem. Orientamos se o melhor local é irem para São Paulo ou pra outras capitais, e indicar potenciais clientes pra eles e fazer esse net entre eles”, disse Armínio.

Sobre a conferência - A conferência Brasil-Canadá 3.0 é uma realização do Governo do Estado da Paraíba e do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e tem como patrocinadores master a Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid), Câmara de Comércio Brasil-Canadá (CCBC), Governo do Canadá e da Empresa Paraibana de Turismo (PBTUR).

Com o título “Processos criativos na indústria da convergência: oportunidades e desafios para a produção de conteúdo no ambiente da economia digital”, a Conferência reúne Governo, Pesquisadores e Indústria de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) para debater assuntos relacionados ao desenvolvimento e inovação.

Ascom